top of page
Search

Riscos e proteção contra incêndio em unidades hidráulicas

Unidade hidráulica é um conjunto de componentes hidráulicos que tem como finalidade dar movimento e força a determinados equipamentos. Logo, para compreender a proteção contra incêndio em unidades hidráulicas precisamos entender o seu funcionamento.


Os fluidos hidráulicos presentes nestas unidades podem gerar incêndios de pulverização quando acidentalmente liberados do equipamento ou tubulação nos quais estão contidos. Nestes casos, os incêndios tendem a ser intensos e produzir taxas significativas de liberação de calor.



Um incêndio de pulverização hidráulica pode facilmente inflamar materiais combustíveis presentes em sua proximidade e danificar gravemente elementos de construção constituídos de aço ou equipamentos de metal. Dependendo da taxa de fluxo e do tamanho do vazamento, os sprays podem se estender até 12,2 metros do ponto de lançamento.


Um exemplo é o óleo hidráulico pressurizado que, quando liberado por falha do equipamento, pode ser atomizado e formar pequenas gotículas/névoa. Esta atomização diminui a temperatura de ignição e, se o óleo pegar fogo, poderá ocorrer um incêndio em forma de spray.


A proteção no ambiente por sistema de chuveiros automáticos (sprinklers) é altamente recomendada. Mas esta medida pode ter um desempenho ainda melhor se combinada com o desligamento automático do sistema hidráulico após o foco inicial do incêndio, o que proporciona que a supressão do fogo seja mais rápida evitando perdas mais significativas.

O desligamento automático dos sistemas hidráulicos pode ser feito com a utilização de um ou mais dos seguintes métodos:


O desligamento automático dos sistemas hidráulicos pode ser feito com a utilização de um ou mais dos seguintes métodos:

  • Acionamento pelo uso de detectores de calor próximo às unidades hidráulicas e mangueiras assim como por detectores de calor instalados dentro de qualquer área protegida de equipamento;

  • Pelo acionamento conjugado pela operação do sistema de sprinklers automáticos;

  • Acionamento por meio de detecção de chamas;

  • Por operação de uma válvula à prova de fogo operada por elo fusível com certificação UL/FM.

Quanto a construção e localização das unidades hidráulicas, alguns pontos merecem ser destacados, como:

  • Localizar o equipamento hidráulico em edifícios de construção não combustível;

  • Para sistemas hidráulicos que usam suprimentos centrais de óleo para alimentar vários equipamentos, separá-los de ocupações circunvizinhas com paredes resistentes ao fogo de, no mínimo, uma hora;

  • Não posicionar equipamentos e tubulações contendo fluido hidráulico em locais abaixo do nível do solo;

  • Isolar o equipamento hidráulico das áreas de armazenamento;

  • Localizar e organizar os equipamentos hidráulicos, tubulações e tanques de armazenamento para que fiquem protegidos de danos físicos.

Com isso, para uma proteção contra incêndio em unidades hidraúlicas de forma eficaz, é importante frisar as diretrizes de dimensionamento do sistema de proteção e combate à incêndios por sprinklers, as normas NFPA 13/2019 e o Data Sheet FM DS 7-98/2021 devem ser levados em consideração. Assim como, a contratação de especialistas que possam proporcionar um atendimento conforme as legislações e normas.


Raphael Candiani & Larissa Almeida


Comments


bottom of page